Home - clareamento - Clareamento Dental Produtos

Clareamento Dental Produtos



Dicas de Clareamento Dental Caseiro

Você precisa saber dessas dicas! Parte: 2/6

Você sabe quais são os Tipos de Clareamento Dental existentes? Saiba mais clicando aqui!

Clareamento Caseiro – Desmistificando conceitos e esclarecendo dúvidas frequentes

Clareamento Dental Caseiro

Entenda mais sobre a segurança e advertência por realizar Clareamentos Caseiros

A segunda parte do texto que está sendo dividido em 6 partes, têm como objetivo responder dúvidas, desmistificar ideias e facilitar a informação para pacientes que desejam ter mais informações sobre o Clareamento Dental.

Muito se procura por métodos para deixar os dentes mais brancos, no entanto, em casos mais agravantes, é necessário a presença de um profissional para melhoria estética com esse tratamento.

É possível Clarear os dentes utilizando produtos de auto aplicação (moldeiras)?

Não é recomendado realizar qualquer tipo de tratamento sem supervisão profissional.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu em 2015, a venda de produtos para clareamento dental que contenham agente clareador acima de 3%, sem a prescrição do Cirurgião Dentista, caso das fitas e géis clareadores disponíveis no mercado, uma vez que podem causar danos na gengiva e sensibilidade dentária.

Já as pastas/cremes dentais clareadores disponíveis no mercado para Clareamento Caseiro de auto aplicação, sem supervisão profissional, promovem a remoção física de manchas especificas presentes na superfície dos dentes, causada pela alimentação (chá, café, vinho tinto etc.) e nicotina, o que pode contribuir para uma melhoria desta condição.

Isto é possível, pois contêm em sua composição detergentes e abrasivos em quantidades maiores do que as encontradas nos dentifrícios convencionais e em alguns casos, possuem baixar concentrações de peróxido.

Estes produtos não substituem e não são eficientes como os tratamentos realizados sob supervisão Dentista.

Podem ser utilizados como manutenção pós clareamento, quando indicados pelo profissional e não devem ser utilizados por quem apresenta retração gengival, sensibilidade dentária e desmineralização do esmalte, por serem mais desgastados.

Para dicas de tratamentos e de cuidados para o melhor da sua saúde bucal, acompanhe nossa página no Facebook.